Energia Solar

5 coisas que a cerveja pode nos ensinar sobre a energia solar

A forma como geramos eletrecidade está mudando mais rápido do que nunca. Com o aumento das energias renováveis ​​e outras tecnologias, a energia está ficando mais limpa, mais acessível e mais confiável. Dito isto, a compreensão do funcionamento de redes elétricas pode ficar bastante complicado.

Felizmente, você pode deixar a complexidade para nós: nossa equipe de especialistas em consultoria solar e engenharia. E para expor a forma como a rede de energia funciona – e como melhorá-la – pode ajudar a desenhar paralelos com um tópico muito mais familiar: a cerveja.

Sim, cerveja.

É hora de falar sobre 7 idéias do mundo da cerveja que irão fazer você se sentir não só mais atualizado, mas também mais informado sobre a rede elétrica que você usa todos os dias.

 

CO2 demais é sempre ruim: Na cerveja e na atmosfera

Às vezes, se uma cervejaria não é cuidadosa, a cerveja pode ficar excessivamente carbonatada. Isso não só afeta negativamente o sabor e a sensação da cerveja, mas pode ser perigoso. Muitos mestres-cervejeiros carbonatam suas cervejas adicionando uma pequena quantidade de açúcar à garrafa. Se a cerveja é engarrafada antes que o estágio de fermentação seja concluído, ou se o açúcar for adicionado demais à garrafa, o fermento de cerveja pode produzir muito dióxido de carbono e a garrafa pode explodir. Embora isso seja raro, a lição é clara: muito CO2 pode ser perigoso e isso precisa ser cuidadosamente monitorado.

O mesmo se aplica ao mundo da energia elétrica. Nossa atmosfera está rapidamente se tornando “excessivamente carbonatada”, com o aumento dos níveis de CO2 e o aquecimento global, criando sérios riscos ao planeta. Para combater a mudança climática, precisamos reduzir drasticamente os níveis de CO2 ao produzir energia elétrica. Mais energia limpa, mais eficiência energética e outras inovações já estão ajudando a “descarbonatar” o setor elétrico, mas a energia do futuro deve ir ainda mais longe.

 

Produzir cerveja localmente tem grande benefícios; o mesmo acontece com a produção de energia elétrica

Pequenos produtores de cervejas são conhecidos por produzir cerveja  de qualidade superior . Felizmente para os amantes da cerveja, os últimos anos trouxeram um crescimento dramático no espaço da micro-cervejaria. Adivinha o que mais cresceu a uma taxa notavelmente semelhante? Você adivinhou: telhados solares.

Além do crescimento rápido, as microcervejarias e a energia solar residencial têm algo mais importante em comum: eles mantêm a produção (e empregos) local. Ao produzir cerveja localmente, as pessoas desperdiçam menos energia e recursos para transportar e distribuir a cerveja em um estado ou país. A história é semelhante com a forma como a energia fotovoltaica no telhado reduz o desperdício na rede elétrica. Manter a geração de energia local significa menos desperdício. Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), de 2011 a 2015, 462,2 mil gigawatts/hora (GWh) foram perdidos no caminho entre as unidades produtoras e os usuários, ou nos próprios pontos de consumo, segundo dados. A soma do desperdícios em 5 anos equivale à média consumida a cada ano no país.

Para não mencionar que manter a eletricidade local reduz a necessidade de construir e manter equipamentos de transmissão de energia caros e que ocupam muito espaço últil. Ao produzir energia em seu telhado, seu caminho para sua casa é mais direto, menos desperdício e pode, coletivamente, economizar milhões de reais.

 

Podemos aprender muito com a Alemanha

A Brauerei Weihenstephan, localizada na Alemanha, é a mais antiga cervejaria em operação contínua do mundo. Com mais de 950 anos de experiência em cerveja, pode-se dizer que o mercado de cerveja da Alemanha está bem desenvolvido. Com uma produção anual de mais de 9,4 milhões de quilolitros de cerveja em 2013, a Alemanha produziu 55% mais de cerveja per capita do que o Brasil.

Tal como acontece com a cerveja, a Alemanha também possui conhecimentos profundos em energia solar. Em 1990, a Alemanha introduziu políticas altamente eficazes para acelerar o crescimento das instalações solares. Hoje, a produção fotovoltaica da Alemanha representa cerca de 120% de toda a energia solar produzida no mundo. As energias renováveis ​​fornecem mais de um terço do consumo líquido da Alemanha e o país ainda mantém uma das redes mais confiáveis ​​do mundo.

 

A escolha do consumidor é fundamental

Uma das grandes alegrias da cerveja é a grande variedade de opções disponíveis – ales, lagers, stouts, maltadas, orgânicas, locais, importadas e a lista continua.

Tal como acontece com a cerveja, os consumidores também gostariam de escolher quando se trata de energia. Quando não há escolha, os consumidores estão presos com a eletricidade que a as concessionárias oferecem a eles, não importa o que custe ou qual é a fonte. Pesquisas recentes mostraram que as famílias brasileiras gostariam de ter acesso à energias renováveis, mas acreditam que sejam caras, principalmente por que não há uma linha de crédito que facilite este acesso. A maioria sólida das famílias também não está satisfeita com as taxas cobradas pelas concessionárias de energia.

A produção de energia solar a partir de um telhado é uma das escolhas mais eficazes que uma casa pode fazer para reduzir os custos de energia, ser mais independente de energia e ajudar o meio ambiente.

 

Cerveja e Energia Solar: ambos você pode fazer em casa

As pessoas têm feito cerveja e energia em casa há anos. A boa notícia é que fazer energia em casa é muito mais fácil do que fazer cerveja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Olá, como posso ajudar?